REGIÃO DOS VINHOS VERDES

GORRO - a incursão da Portugal Boutique Winery na região dos Vinhos Verdes começou, precisamente, num dos três vales mais importantes da região – o Vale do Lima - onde se produzem os afamados Loureiro, casta mais bem adaptada ao local, seu habitat natural. Em termos de área geográfica é a maior região demarcada portuguesa, e uma das maiores da Europa.

 

As duas vinhas que produzem o Gorro distam 5km do oceano Atlântico e apresentam, cada uma delas, solos distintos: uma, plantada em terreno pedregoso, com grande quantidade de seixos, estende-se ao longo da margem sul do rio; a outra, ligeiramente mais a sul, situa-se numa encosta xisto-argilosa. 

 

Com aromas finos e elegantes, e uma acidez vibrante, o Gorro é um vinho apaixonante que representa o que de melhor se faz nesta região de Portugal.

+ INFO

Gorro Loureiro

BREVEMENTE

Gorro Alvarinho

REGIÃO DOS VINHOS VERDES

GORRO - a incursão da Portugal Boutique Winery na região dos Vinhos Verdes começou, precisamente, num dos três vales mais importantes da região – o Vale do Lima - onde se produzem os afamados Loureiro, casta mais bem adaptada ao local, seu habitat natural. Em termos de área geográfica é a maior região demarcada portuguesa, e uma das maiores da Europa.

 

As duas vinhas que produzem o Gorro distam 5km do oceano Atlântico e apresentam, cada uma delas, solos distintos: uma, plantada em terreno pedregoso, com grande quantidade de seixos, estende-se ao longo da margem sul do rio; a outra, ligeiramente mais a sul, situa-se numa encosta xisto-argilosa. 

 

Com aromas finos e elegantes, e uma acidez vibrante, o Gorro é um vinho apaixonante que representa o que de melhor se faz nesta região de Portugal.

Gorro Loureiro

Gorro Alvarinho

REGIÃO DOS VINHOS VERDES

GORRO - a incursão da Portugal Boutique Winery na região dos Vinhos Verdes começou, precisamente, num dos três vales mais importantes da região – o Vale do Lima - onde se produzem os afamados Loureiro, casta mais bem adaptada ao local, seu habitat natural. Em termos de área geográfica é a maior região demarcada portuguesa, e uma das maiores da Europa.

 

As duas vinhas que produzem o Gorro distam 5km do oceano Atlântico e apresentam, cada uma delas, solos distintos: uma, plantada em terreno pedregoso, com grande quantidade de seixos, estende-se ao longo da margem sul do rio; a outra, ligeiramente mais a sul, situa-se numa encosta xisto-argilosa. 

 

Com aromas finos e elegantes, e uma acidez vibrante, o Gorro é um vinho apaixonante que representa o que de melhor se faz nesta região de Portugal.

Gorro Loureiro

Gorro Alvarinho